top of page

Lição: 23 a 29 de Janeiro [Mateus 3; Marcos 1; Lucas 3] E Apêndice B

Atualizado: 27 de jul. de 2023

“Preparai o caminho do Senhor / Preparar as crianças para uma vida inteira no caminho do convênio de Deus”






Jesus Cristo veio pessoalmente para ensinar o caminho e como devemos andar rumo ao nosso lar celestial, Ele deu o Seu exemplo para que pudéssemos seguir. Mesmo não precisando ter sido batizado assim Ele fez para que se cumprisse toda a justiça. Jesus foi batizado por João Batista que tinha a autoridade para realizar essa ordenança, ele veio preparar o caminho para a vinda do Senhor. João ministrou as pessoas para receberem o Salvador e tornarem-se mais semelhante a Ele. Devemos seguir o exemplo de João Batista que preparou o caminho para a chegada do Messias, o que devemos fazer para nos preparar para nos batizar assim como Jesus? João Batista proclamou o arrependimento. Na lição dessa semana iremos aprender os passos para o batismo e o que acontece depois que nos batizamos, o que aconteceu logo após Jesus ter sido batizado? Também começaremos a estudar o livro de Marcos que é o segundo livro do Novo Testamento. Marcos ou melhor João Marcos, era filho de Maria, que vivia em Jerusalém; é possível que ele também tenha sido primo (ou sobrinho) de Barnabé. Ele foi um dos Apóstolos de Jesus Cristo, seu livro possivelmente foi escrito sob a orientação de Pedro. Seu propósito é descrever o Senhor como o Filho de Deus, que viveu e trabalhou entre os homens. Marcos descreve, com energia e humildade, a impressão que Jesus causava aos espectadores. Segundo a tradição, depois da morte de Pedro, Marcos foi ao Egito, organizou a Igreja em Alexandria.



OBS: Os princípios aqui colocados não seguem divididos em "Crianças menores" e "Crianças maiores" como os tópicos no manual Vem, e Segue-Me - Primária. Os tópicos referentes a essa divisão cujo tema ou assunto são os mesmos, serão postos em um só princípio destacados em negrito. As atividades sugeridas podem servir para ambos, então fica por escolha dos pais e líderes da Primária usar de acordo com a necessidade de sua classe ou filhos! Lembrando que todas as atividades são sugestões, e cada tópico ou princípio estão sugerindo atividades que podem ser feitas para ajudar no entendimento da doutrina ensinada, ou seja, escolham uma das sugestões de cada princípio e se tiver tempo podem realizar todas, lembrando também que nas aulas dominicais o tempo da aula é de 20 minutos. As atividades que não foram possíveis fazer devido o tempo ser curto, podem entregar as crianças para realizá-las em casa com a família!


Baixe os arquivos em PDF clicando em "BAIXE AQUI" logo abaixo de cada imagem representativa da atividade. Ao abrir o PDF pelo computador (PC) tem a opção no canto superior de fazer o download (baixar) ou imprimir. Pelo celular basta clicar em "BAIXE AQUI" e em seguida verificar sua pasta de download que o arquivo estará lá!


Para dar às crianças a oportunidade de compartilhar o que já aprenderam, mostre a elas uma gravura de Jesus sendo batizado. Peça a elas que digam a você o que está acontecendo na gravura e como elas se sentem a respeito de serem batizadas.


Princípio 1: Posso ser batizado assim como Jesus. Mateus 3:13–17


Como você pode usar o relato do batismo de Jesus para ajudar as crianças a se prepararem para o batismo?


Atividades sugeridas

  • Resuma a história do batismo do Salvador (ver Mateus 3:13–17; ver também o “Capítulo 10: O batismo de Jesus”, Histórias do Novo Testamento, pp. 26–29, ou o vídeo correspondente em ChurchofJesusChrist.org). Explique que Jesus foi batizado por imersão por alguém que tinha a autoridade do sacerdócio. Repita a história várias vezes e peça às crianças que contem os detalhes de que elas se lembram.



  • Mostre uma gravura de Jesus sendo batizado e a página de atividades da semana. Permita que as crianças apontem semelhanças entre as duas gravuras. (Há uma gravura de Jesus Cristo sendo batizado no esboço desta semana em Vem, e Segue-Me — Estudo Pessoal e Familiar.)

Aqui está uma divertida atividade de batismo, no verso há uma foto de uma criança sendo batizada.


Instruções: corte tudo. Anexe a forma arredondada a um pequeno copo de plástico e a forma retangular na parte de trás do copo. Prenda as gravuras na parte de trás e na frente de um palito ou faquinha de manteiga de plástico e encaixe no fundo do copo.

Quando montadas, as imagens do batismo poderão se mover para cima e para baixo. Fale sobre as bênçãos que recebemos por seguir o exemplo de Jesus.


Aqui estão duas atividades que revisam nossos convênios batismais.


Talvez queiram dizer as crianças que somos lembrados desses convênios toda vez que tomamos o sacramento.

Corte tudo. Leia as palavras para as crianças nos copos e peça-lhes que as combinem com as figuras.


Esta semana tem ótimas maneiras de ensinar nossos convênios batismais, basta clicar na imagem para acessar a página e escolher a atividade que melhor se aplica para sua classe.



  • Convide um membro do bispado para falar às crianças sobre a entrevista batismal que elas farão antes do batismo.

  • Cantem juntos uma música sobre batismo, como “Batismo” (Músicas para Crianças, pp. 54–55). Você pode pedir a uma criança que conduza as outras crianças enquanto elas cantam.


Posso guardar meus convênios batismais. Mateus 3:13–17; Marcos 1:1–11; Lucas 3:2–18


Aprender sobre o relato do batismo de Jesus proporciona uma boa oportunidade para ajudar as crianças a examinar os convênios batismais e renovar seu compromisso de guardá-los.


Atividades sugeridas

  • Peça às crianças que se revezem na leitura dos versículos de Marcos 1:1–11. Debata por que nosso Pai Celestial quer que sejamos batizados. Por que Jesus Cristo foi batizado mesmo não sendo necessário que Ele fosse purificado do pecado? Ajude as crianças a encontrar respostas para essa pergunta em Mateus 3:13–15 e 2 Néfi 31:6–7.

  • Examine os convênios que as crianças fizeram no batismo, que se encontram em Mosias 18:8–10 e Doutrina e Convênios 20:37. Peça às crianças que escrevam essas referências na página de atividades da semana.


  • Prepare vários pares de cartões com frases que se completem ou gravuras que representem nossos convênios batismais. Coloque os cartões virados para baixo. Peça às crianças que se revezem virando dois de cada vez, procurando formar um par. Depois de montar cada par, convide as crianças a compartilhar de que maneiras elas têm guardado esse convênio.


Outra ideia divertida para ajudar as crianças a se lembrarem de seus convênios batismais.


Segue vídeo de como fazer as dobraduras do seu origami para sua atividade ficar bem divertida:


  • Fale sobre como guardar seus convênios batismais tem abençoado você.


Princípio 2: O Espírito Santo me ajuda. Mateus 3:11, 16


Além de estarem se preparando para o batismo, as crianças também estão se preparando para receber o dom do Espírito Santo. Como você pode ajudá-las?


Atividades sugeridas

  • Use Mateus 3:11, 16 para ensinar às crianças que o Espírito Santo desceu sobre Jesus quando Ele foi batizado (uma pomba apareceu como um sinal para mostrar que isso tinha acontecido). Mostre a gravura O Dom do Espírito Santo (Livro de Gravuras do Evangelho, nº 105) e explique que recebemos o dom do Espírito Santo quando somos confirmados.

  • Traga uma caixa contendo objetos como uma gravura de Jesus, uma manta aconchegante e uma bússola ou um mapa. Peça às crianças que escolham um item e depois deixe-as explicar como cada objeto representa uma maneira pela qual o Espírito Santo nos ajuda — Ele testifica de Jesus (ver João 15:26), conforta-nos (ver João 14:26) e nos mostra o caminho certo a seguir (ver 2 Néfi 32:5).

Você pode colocá-los em sua caixa e/ou pode pedir às crianças que os combinem depois que a escritura for lida.


  • Compartilhe experiências pessoais em que você tenha recebido auxílio do Espírito Santo.

  • Peça às crianças que fiquem atentas às maneiras como o Espírito Santo nos ajuda enquanto cantam uma música sobre Ele, como “O Espírito Santo” (Músicas para Crianças, p. 56).



O Espírito Santo pode me guiar. Mateus 3:11, 16


As crianças estão aprendendo a reconhecer e seguir a orientação do Espírito Santo. Ajude-as a entender que guardar os convênios batismais as ajudará a serem dignas de receber Sua orientação.


Lição prática


Atividades sugeridas

  • Peça a uma criança que leia Mateus 3:11. Como o Espírito Santo é como o fogo? Por exemplo, o fogo pode ser confortador e dá luz para nos guiar (ver João 15:26; 2 Néfi 32:5).

  • Peças às crianças que fechem os olhos e estendam as mãos. Depois, encoste uma pena ou linha suavemente na palma das mãos delas. Peça-lhes que digam quando sentirem algo. O que essa atividade ensina sobre reconhecer as impressões do Espírito Santo?

  • Peça às crianças que contem experiências que tenham tido com o Espírito Santo. Por que guardar os convênios nos ajuda a ter a orientação do Espírito Santo?


Princípio 3: Sou abençoado pelas ordenanças do Sacerdócio Aarônico. Mateus 3


João Batista restaurou o Sacerdócio Aarônico; então, ler sobre ele em Mateus 3 é uma ótima oportunidade de ensinar as crianças sobre o Sacerdócio Aarônico. Ajude-as a reconhecer as bênçãos e o poder que recebemos por meio desse sacerdócio.


Atividades sugeridas


Esta atividade é uma forma divertida de apresentar João Batista e o Sacerdócio Aarônico. Há também páginas P&B para colorir.



  • Peça às crianças que façam uma lista dos deveres do Sacerdócio Aarônico, usando Doutrina e Convênios 20:46, 58–60; 84:111. Peça às crianças que consultem Mateus 3 para ver exemplos de João cumprindo alguns desses deveres. Como todos nós podemos convidar outros a vir a Cristo, como João fez?

  • Mostre algumas gravuras de portadores do Sacerdócio Aarônico realizando ordenanças de batismo e do sacramento (ver Livro de Gravuras do Evangelho, nº 103 e nº 104, nº 107 e nº 108). Debata como essas ordenanças nos preparam para aceitar Jesus Cristo e as bênçãos de Sua Expiação.

  • Leiam juntos Doutrina e Convênios 13:1 e testifique que João Batista restaurou o Sacerdócio Aarônico por intermédio de Joseph Smith. Pergunte às crianças como elas foram abençoadas pelo fato de o Sacerdócio Aarônico ter sido restaurado.

Esta atividade é do estudo de D&C, que encaixa bem para esse princípio.


Aqui está o vídeo da história da semana sobre o batismo de Jesus Cristo! Vejam se conseguem se lembrar de quem batizou Jesus!


Segue "videoaula" dessa semana:


Segue um filminho para cinema com as crianças:



“Apêndice B: Preparar as crianças para uma vida inteira no caminho do convênio de Deus”


Nos meses que têm cinco domingos, os professores da Primária têm a opção de substituir no quinto domingo o esboço programado do Vem, e Segue-Me por uma ou mais dessas atividades de aprendizado.


Princípios e ordenanças do evangelho de Jesus Cristo


A doutrina de Cristo nos ensina como voltar a Deus.


Quando Jesus Cristo apareceu ao povo das Américas, Ele lhes ensinou Sua doutrina. Ele disse que podemos entrar no reino de Deus se tivermos fé, se nos arrependermos, formos batizados, recebermos o Espírito Santo e perseverarmos até o fim (ver 3 Néfi 11:31–40; Doutrina e Convênios 20:29). As atividades abaixo podem ajudá-lo a ensinar às crianças que esses princípios e ordenanças nos ajudarão a nos aproximar do Salvador por toda a vida. Para saber mais sobre a doutrina de Cristo, ver 2 Néfi 31.

Atividades sugeridas

  • Dê às crianças gravuras que representem a fé em Jesus Cristo, o arrependimento, o batismo e a confirmação (ver Livro de Gravuras do Evangelho, nºs 1, 111, 103 e 105). Leia ou recite com as crianças a quarta regra de fé e peça a elas que levantem as gravuras quando esses princípios ou ordenanças forem mencionados. Ajude as crianças a entender como cada um desses princípios e ordenanças nos ajuda a nos tornarmos mais semelhantes ao Pai Celestial e a Jesus Cristo.

  • Como você pode ajudar as crianças a entender que a fé, o arrependimento, o batismo e a confirmação não são eventos únicos, mas influenciam nosso crescimento espiritual por toda a vida? Por exemplo, você pode mostrar uma gravura de uma semente e de uma árvore grande (ou desenhar essas coisas no quadro). Ajude-as a pensar em coisas que ajudam a semente a se tornar uma grande árvore, como a água, a terra e a luz do sol. Ajude-as a ver que essas coisas são como as coisas que fazemos para nos aproximarmos de Deus ao longo de nossa vida — edificar nossa fé em Jesus Cristo, arrepender-nos a cada dia, viver nossos convênios batismais e ouvir o Espírito Santo.




  • Compartilhe com as crianças a história sobre a bombinha da mensagem do élder Dale G. Renlund “Como o arrependimento pode me ajudar a ser feliz?” (Liahona, dezembro de 2017, p. 70; ver também o vídeo “Arrependimento: Uma Escolha Feliz”, ChurchofJesusChrist.org). Em vários pontos da história, peça às crianças que pensem em como o élder Renlund deve ter se sentido. Por que sentimos alegria quando nos arrependemos? Compartilhe com as crianças a alegria e o amor que você sentiu quando pediu ao Pai Celestial que o perdoasse.



Batismo


Princípio 1: Jesus Cristo nos deu o exemplo ao ser batizado.


Embora Jesus não tivesse pecado, Ele foi batizado para dar um exemplo perfeito de obediência ao Pai Celestial (ver 2 Néfi 31:6–10).

Para saber mais sobre o batismo, ver Doutrina e Convênios 20:37; Tópicos do evangelho, “Batismo”, topics.ChurchofJesusChrist.org.


Atividades sugeridas

  • Mostre uma gravura do batismo do Salvador e do batismo de outra pessoa (ou ver Livro de Gravuras do Evangelho, nºs 35 e 103 ou 104). Peça às crianças que compartilhem o que é diferente e o que é igual nas duas gravuras. Leiam juntos Mateus 3:13–17 ou o “Capítulo 10: O batismo de Jesus” em Histórias do Novo Testamento, p. 26, ou assistam ao vídeo correspondente em ChurchofJesusChrist.org. Deixe que as crianças apontem para as coisas nas gravuras que são mencionadas na leitura ou no vídeo. Conte às crianças sobre seu amor pelo Salvador e seu desejo de segui-Lo.

  • Ouça ou cante uma música sobre o batismo, como “O batismo de Jesus Cristo” (A Liahona, p. 73). O que podemos aprender a respeito do batismo com essa música? Leia 2 Néfi 31:9–10 e peça às crianças que identifiquem por que Jesus Cristo foi batizado. Peça-lhes que desenhem a si mesmas sendo batizadas um dia.


Princípio 2: Posso escolher fazer um convênio com Deus e ser batizado.


Preparar-se para o batismo significa muito mais do que se preparar para um evento. Significa preparar para fazer um convênio e depois cumprir esse convênio por toda a vida. Reflita sobre como você pode ajudar as crianças a entender o convênio que elas farão com o Pai Celestial quando forem batizadas, que inclui as promessas que Ele faz a elas e as promessas que elas fazem a Ele.



Atividades sugeridas

  • Explique-lhes que um convênio é uma promessa entre uma pessoa e o Pai Celestial. Ao nos esforçarmos para cumprir nossas promessas feitas a Deus, Deus promete nos abençoar. Escreva no quadro Minhas promessas a Deus e As promessas de Deus para mim. Leiam juntos Mosias 18:10, 13 e Doutrina e Convênios 20:37 e ajude as crianças a fazer uma lista das promessas que encontrarem sob os títulos apropriados (ver também Dallin H. Oaks “Seu convênio batismal”, Meu Amigo, fevereiro de 2021, p. 2). Conte como você foi abençoado pelo Pai Celestial ao se esforçar para guardar seu convênio batismal.

  • Mostre às crianças gravuras de coisas que Jesus Cristo fez quando estava na Terra (para alguns exemplos, ver Livro de Gravuras do Evangelho, nºs 33–49). Peça às crianças que descrevam o que Jesus está fazendo em cada gravura. Leia Mosias 18:8–10, 13 e peça às crianças que prestem atenção às coisas que elas prometem fazer quando forem batizadas (ver também “O convênio batismal”, A Liahona, fevereiro de 2019, p. A3). Como essas promessas vão influenciar nossas ações todos os dias? Peça às crianças que façam um desenho de si mesmas ajudando alguém como Jesus faria. Ou você pode fazer para as crianças uma plaqueta simples com o nome do Salvador para elas usarem.


Confirmação


Princípio 1: Quando sou confirmado, eu me torno membro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.


Tornar-se membro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias traz muitas bênçãos, inclusive oportunidades para que as crianças sejam participantes ativas na obra de Deus.

Para saber mais sobre a confirmação e o dom do Espírito Santo, ver Gary E. Stevenson, “Como o Espírito Santo nos ajuda?”, A Liahona, maio de 2017, p. 117; Tópicos do evangelho, “Espírito Santo”, topics.ChurchofJesusChrist.org.


Atividades sugeridas

  • Convide alguém que foi batizado e confirmado recentemente para vir à aula e compartilhar como foi ser confirmado. Para essa pessoa, o que significa tornar-se membro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias? Ajude as crianças a pensar em maneiras de guardarem o convênio batismal como membros da Igreja (como servir ao próximo, convidar outras pessoas a aprender mais sobre Jesus, orar nas reuniões, etc.). Conte como fazer essas coisas ajudou você a sentir a alegria de ser membro da Igreja de Cristo.

  • Mostre uma gravura das pessoas nas Águas de Mórmon (ver Livro de Gravuras do Evangelho, nº 76) e peça às crianças que descrevam o que veem na gravura. Conte a história de Alma e seu povo sendo batizados ali (ver Mosias 18:1–17 ou o “Capítulo 15: Alma ensina e batiza”, Histórias do Livro de Mórmon, p. 43, ou assistam ao vídeo correspondente em ChurchofJesusChrist.org). Examine Mosias 18:8–9 e peça às crianças que representem ações que as ajudem a se lembrar das coisas que as pessoas estavam dispostas a fazer como membros da Igreja de Cristo. Conte uma experiência em que você testemunhou membros da Igreja servindo dessa maneira.



Princípio 2: Quando sou confirmado recebo o dom do Espírito Santo.


A bênção prometida ao sermos batizados e confirmados é a de que “[teremos] sempre [conosco] o Seu Espírito” (Doutrina e Convênios 20:77). Esse maravilhoso dom de Deus é chamado de dom do Espírito Santo.


Atividades sugeridas

  • Antes da aula, peça aos pais de uma ou mais crianças que contem como eles foram abençoados por terem o dom do Espírito Santo. Como o Espírito Santo os ajuda? Como eles ouvem Sua voz?

  • Cantem juntos uma música sobre o Espírito Santo, como “O Espírito Santo” (Músicas para Crianças, p. 56). Ajude as crianças a entender o que a música nos ensina sobre como o Espírito Santo pode nos ajudar.


Princípio 3: O Espírito Santo pode falar comigo de várias maneiras.


As crianças que reconhecerem a voz do Espírito estarão preparadas para receber revelação pessoal para guiá-las por toda a vida. Ensine-lhes que há muitas maneiras pelas quais o Espírito Santo pode falar conosco.


Atividades sugeridas

  • Ajude as crianças a pensar em diferentes maneiras pelas quais podemos conversar com um amigo que mora longe, como escrever uma carta, enviar um e-mail ou conversar ao telefone. Ensine-lhes que o Pai Celestial fala conosco por intermédio do Espírito Santo. Use a mensagem do presidente Dallin H. Oaks “Como o Pai Celestial fala conosco?” para ajudar as crianças a entender as diferentes maneiras pelas quais o Espírito Santo pode falar à nossa mente e ao nosso coração (Liahona, março de 2020, p. A2).

  • Conte uma experiência em que o Espírito Santo Se comunicou com você, seja por meio de pensamentos em sua mente, seja por meio de um sentimento em seu coração (ver Doutrina e Convênios 6:22–23; 8:2–3; ver também Henry B. Eyring, “Abrir o coração para o Espírito Santo”, Liahona, agosto de 2019, p. A2). Preste testemunho às crianças de que o Espírito Santo pode ajudá-las de maneiras semelhantes.

  • Ajude as crianças a pensar em ocasiões em que sentiram o Espírito — por exemplo, quando cantaram uma música sobre o Salvador ou quando fizeram algo bondoso para outras pessoas. Ajude-as a reconhecer os sentimentos espirituais que o Espírito Santo traz. Por que você acha que o Espírito Santo nos dá esses sentimentos? Ajude as crianças a pensar em coisas que precisamos fazer para ouvir o Espírito Santo falar conosco. Fale sobre o que você faz para ouvir o Espírito com mais clareza.


O sacramento


Ao tomar o sacramento, lembro-me do sacrifício do Salvador e de renovar meus convênios.


O Salvador nos deu o sacramento para nos ajudar a lembrar de Seu sacrifício por nós e para renovar nossos convênios. Graças a essa ordenança semanal, podemos continuar a desfrutar as bênçãos de nosso batismo por toda a vida.



Atividades sugeridas


  • Peça às crianças que digam algumas coisas que devem sempre lembrar de fazer, como amarrar os sapatos ou lavar as mãos antes de comer. Por que é importante lembrar dessas coisas? Leia Morôni 4:3 para as crianças e peça-lhes que prestem atenção ao que prometemos nos lembrar sempre quando tomamos o sacramento. Por que é importante nos lembrarmos de Jesus Cristo? Ajude as crianças a entender como o pão e a água do sacramento nos ajudam a lembrar o que Jesus fez por nós (ver Morôni 4:3; 5:2).


Aqui vai umas atividade para ensinar sobre o sacramento.



Segue um livrinho do sacramento para montarem.





  • Escreva no quadro “Prometo .” Leia as orações sacramentais para as crianças (ver Doutrina e Convênios 20:77, 79). Quando ouvirem uma promessa que fazemos a Deus, faça uma pausa e as ajude a completar a frase no quadro com a promessa que ouviram. Ajude as crianças a entender que, quando tomamos o sacramento, estamos fazendo as mesmas promessas que fizemos no batismo.

  • O que significa tomar sobre nós o nome de Jesus Cristo? Para ajudar as crianças a responder a essa pergunta, compartilhe um exemplo de algo em que colocamos nosso nome. Por que colocamos nosso nome em alguns objetos? Por que Jesus Cristo gostaria de colocar Seu nome sobre nós? Considere compartilhar esta explicação dada pelo presidente Russell M. Nelson: “Tomar sobre nós o nome do Salvador inclui declararmos e testemunharmos aos outros — por meio de nossas ações e palavras — que Jesus é o Cristo” (“O nome correto da Igreja”, Liahona, novembro de 2018, p. 88).



A autoridade, o poder e as chaves do sacerdócio


Princípio 1: Deus abençoa Seus filhos por meio do poder do sacerdócio.


Todos os filhos de Deus — homens e mulheres, jovens e idosos — recebem o poder de Deus ao guardarem os convênios que fizeram com Ele. Fazemos esses convênios quando recebemos as ordenanças do sacerdócio como o batismo (ver Manual Geral: Servir em A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, item 3.5, ChurchofJesusChrist.org).


Para aprender mais, ver Russell M. Nelson, “Tesouros espirituais”, Liahona, novembro de 2019, p. 76; “Princípios do sacerdócio”, capítulo 3 do Manual Geral.


Atividades sugeridas

  • Ajude as crianças a perceber as bênçãos que recebem por causa do sacerdócio. Para dar a elas algumas ideias, você poderia mostrar o vídeo “As Bênçãos do Sacerdócio” (ChurchofJesusChrist.org). Você pode escrever essas bênçãos no quadro. Por que essas bênçãos são importantes para nós? Testifique a elas que recebemos essas bênçãos por causa de Jesus Cristo e de Seu poder do sacerdócio.

  • Escreva os seguintes títulos no quadro: O poder e O poder e a autoridade de Deus dados aos homens na Terra. Peça às crianças que coloquem gravuras abaixo do primeiro título que nos ajudem a entender como Deus usou Seu poder para nos abençoar, como para criar o mundo, guiar-nos e orientar-nos, mostrar-nos que Ele nos ama e nos conhece, ouvindo e respondendo nossas orações (ver Livro de Gravuras do Evangelho, nºs 3, 68, 90,111). Peça a elas que coloquem gravuras abaixo do segundo título que nos ajudem a entender como os homens dignos na Terra usam o poder e a autoridade de Deus para nos abençoar, como abençoar os enfermos, batizar, confirmar, administrar o sacramento e selar famílias (ver Livro de Gravuras do Evangelho, nºs46, 104, 105, 107, 120). Compartilhe por que você é grato pelo sacerdócio e pelas bênçãos que ele traz.


  • Uma das principais maneiras pelas quais recebemos as bênçãos do poder de Deus em nossa vida é por meio das ordenanças do sacerdócio (ver Doutrina e Convênios 84:20). Para ajudar as crianças a aprender essa verdade, faça uma lista das seguintes escrituras no quadro: 3 Néfi 11:21–26, 33 (batismo); Morôni 2 (confirmação); Morôni 4–5 (sacramento). Cada criança pode escolher uma dessas passagens e identificar a ordenança que ela descreve. Peça às crianças que compartilhem como foram pessoalmente abençoadas por receberem as ordenanças do sacerdócio.

  • Ajude as crianças a entender que elas receberão poder de Deus ao serem batizadas e guardarem seu convênio batismal. Pergunte às crianças como esse poder poderia ajudá-las.


Princípio 2: A obra de Deus é dirigida por meio das chaves do sacerdócio e realizada pela autoridade do sacerdócio.


Os membros dignos da Igreja do sexo masculino podem ser ordenados a um ofício no sacerdócio. Além disso, sempre que uma pessoa for designada por imposição de mãos para um chamado ou designada para ajudar na obra de Deus, ela pode exercer a autoridade delegada do sacerdócio. O uso de toda a autoridade do sacerdócio na Igreja é dirigido por pessoas que possuem as chaves do sacerdócio, como o presidente da estaca, o bispo e o presidente do quórum. As chaves do sacerdócio são a autoridade para orientar o uso do sacerdócio na realização da obra do Senhor.


Atividades sugeridas

  • Leia com as crianças Marcos 3:14–15 e mostre-lhes uma gravura do evento ali descrito (como o Livro de Gravuras do Evangelho, nº 38). Pergunte às crianças se elas já viram alguém ser ordenado a um ofício do sacerdócio ou ser designado por imposição de mãos para um chamado (ou conte-lhes sobre experiências que você teve). Como isso se assemelha ao que o Salvador fez com Seus apóstolos? Ajude as crianças a listar no quadro os ofícios ou chamados do sacerdócio que podem ser dados aos membros da Igreja, como professor ou líder de uma organização. Ao lado de cada ofício ou chamado, você pode escrever o que alguém com esse ofício ou chamado tem autoridade para fazer. Diga às crianças como você foi ajudado a servir ao ser designado por imposição de mãos por alguém sob a direção das chaves do sacerdócio.

  • Peça às crianças que pensem em algo para o qual você precisa de uma chave, como um carro ou uma porta. O que acontece se você não tiver a chave? Leiam juntos Doutrina e Convênios 65:2 e preste seu testemunho da importância de ter as chaves do sacerdócio na Terra. Vocês também podem assistir ao vídeo “Onde Estão as Chaves e a Autoridade do Sacerdócio?” (ChurchofJesusChrist.org) e identificar o que o élder Stevenson ensina sobre as chaves do sacerdócio.



  • Peça a alguém da ala que possua as chaves para vir à aula e compartilhar com as crianças o que significa possuir as chaves do sacerdócio. Peça-lhe que descreva as responsabilidades que ele tem. Que partes da obra do Senhor ele lidera? Como o Salvador o ajuda?


O templo e o plano de felicidade


Princípio 1: O templo é a casa do Senhor.


Os templos fazem parte do plano do Pai Celestial para Seus filhos. Nos templos, fazemos convênios sagrados com Ele, somos investidos com o poder do sacerdócio, recebemos revelação, realizamos ordenanças por nossos antepassados falecidos e somos selados a nossa família para a eternidade. Tudo isso é possível graças a Jesus Cristo e a Seu sacrifício expiatório.


Como você pode ajudar as crianças a quem ensina a reconhecer a santidade da casa do Senhor e a se prepararem para ser dignas de participar das ordenanças do templo? Você pode examinar estes recursos: Doutrina e Convênios 97:15–17; Russell M. Nelson, “Comentários finais”, Liahona, novembro de 2019, p. 120; “Por que os santos dos últimos dias constroem templos”, em temples.ChurchofJesusChrist.org.


Atividades sugeridas

  • Mostre uma ou mais fotografias de templos. Pergunte às crianças o que torna o templo um lugar especial. Saliente que na fachada de cada templo há esta inscrição: “Santidade ao Senhor: A Casa do Senhor”. Pergunte às crianças o que elas acham que significa “Santidade ao Senhor”. Por que o templo é chamado de a casa do Senhor? O que isso nos ensina a respeito do templo? Se alguma das crianças já foi ao templo, ela também pode contar como se sentiu quando estava lá. Se você já foi ao templo, conte como sentiu a presença do Senhor lá e explique por que o templo é um lugar sagrado para você.

Você pode usar uma fotografia de seu Templo local ou pode usar esta gravura abaixo e cubra com o quebra-cabeça das escrituras. Conforme ler as passagem das escrituras tire a parte do quebra-cabeça para revelar o que Templo:

  • Leiam juntos Doutrina e Convênios 97:15–17. Peça às crianças que identifiquem o que o Senhor espera daqueles que entram em Sua casa santa. Por que precisamos ser dignos de entrar em Sua casa? Como parte dessa conversa, fale com as crianças sobre as recomendações para o templo, inclusive como receber uma. Você pode convidar um membro do bispado para contar a elas como é uma entrevista de recomendação para o templo e as perguntas que são feitas nessa entrevista.


Princípio 2: No templo, fazemos convênios com Deus.


O presidente Russell M. Nelson ensinou: “Jesus Cristo nos convida a trilhar o caminho do convênio para que voltemos ao lar de nossos Pais Celestiais e estejamos com nossos entes queridos” (“Vem, e segue-me”, Liahona, maio de 2019, p. 91). Ajude as crianças a entender que o caminho do convênio inclui o batismo, a confirmação e a investidura e o selamento no templo.


Atividades sugeridas

  • Peça às crianças que o ajudem a examinar o convênio que fazemos com Deus quando somos batizados e que renovamos quando tomamos o sacramento (ver Mosias 18:10; Doutrina e Convênios 20:77, 79). Mostre uma gravura do templo e explique-lhes que o Pai Celestial tem mais bênçãos que Ele quer nos dar no templo.

  • Desenhe uma porta que conduz a um caminho. Pergunte às crianças por que elas acham que é útil ter um caminho por onde caminhar. Leiam juntos 2 Néfi 31:17–20, em que Néfi compara o convênio do batismo a uma porta e nos convida a continuar no caminho após o batismo. Há mais convênios a serem feitos depois do batismo, inclusive os convênios do templo. Explique-lhes que o presidente Nelson chamou esse caminho de “caminho do convênio”.


Princípio 3: No templo, podemos ser batizados e confirmados em benefício de antepassados que já faleceram.


O evangelho de Jesus Cristo possibilita que todos os filhos de Deus voltem a viver com Ele, mesmo que morram sem conhecer o evangelho. No templo, podemos ser batizados e confirmados membros da Igreja de Jesus Cristo em favor deles.


Atividades sugeridas

  • Fale a respeito de uma ocasião em que alguém fez algo por você que você não poderia fazer sozinho. Convide as crianças a compartilhar experiências semelhantes. Explique-lhes que, quando vamos ao templo, podemos receber ordenanças sagradas como o batismo a favor de outras pessoas que morreram. De que maneira estamos sendo como Jesus quando fazemos o trabalho pelos mortos? O que o Salvador fez por nós que não poderíamos fazer por nós mesmos?

  • Convide um ou mais jovens que fizeram batismos em favor de seus antepassados a compartilhar sua experiência. Pergunte a esses jovens como foi a experiência no templo. Incentive-os a compartilhar como se sentiram fazendo esse trabalho por seus antepassados.

  • Desenhe uma árvore no quadro, incluindo as raízes e os ramos. Peça às crianças que pensem em como uma família é semelhante à árvore. Rotule as raízes Antepassados, rotule os ramos Descendentes e rotule o tronco da árvore Você. Leiam juntos esta frase de Doutrina e Convênios 128:18: “Pois nós, sem eles [nossos antepassados], não podemos ser aperfeiçoados; nem podem eles, sem nós, ser aperfeiçoados”. Faça perguntas como as seguintes: “Por que precisamos de nossos antepassados? Por que nossos descendentes precisam de nós? Como nossos pais, avós e outros antepassados nos ajudaram?” Peça às crianças que procurem no restante de Doutrina e Convênios 128:18 uma frase que descreva como podemos ajudar nossos antepassados.

  • Você pode trabalhar com os pais de cada criança para encontrar o nome de um antepassado para a criança levar ao templo (ver FamilySearch.org).



Por favor, não modificar os documentos ou fazer venda deles. Este é para uso próprio, familiar e de distribuição para as suas Primárias. Compartilhem sempre o link do site para que outros tenham acesso também. Não usar as ilustrações fora de seus arquivos e redistribuir publicamente pela internet (redes sociais). Esses materiais em sua maioria foram feitos com carinho e dedicação por nossa criadora das atividades, Crystal Wallace, originalmente em Inglês (theredcrystal.org) na qual são traduzidos para repostar em Português. Atualmente só estamos disponibilizando em (Inglês) e (Português), quando retornarmos com os materiais em (Espanhol) será comunicado!


Com amor,


Vem e Segue-Me Kids

12.170 visualizações1 comentário