top of page

Lição: 22 a 28 de Maio [Joseph Smith—Mateus 1; Mateus 24–25; Marcos 12–13; Lucas 21]

Atualizado: 25 de mai. de 2023

“Quando o Filho do Homem vier”







Os discípulos de Jesus devem ter achado surpreendente Sua profecia: o poderoso templo de Jerusalém, o centro espiritual e cultural do povo judeu, seria destruído tão completamente que “não [ficaria] (…) pedra sobre pedra”. “E qual é o sinal da tua vinda?” Pergutaram os apóstolos ao Senhor. As respostas do Salvador revelaram que a grande destruição que ocorreria em Jerusalém — uma profecia cumprida no ano 70 d.C. — seria relativamente pequena, comparada com a Sua vinda nos últimos dias. Coisas que parecem ser até mais permanentes do que o templo em Jerusalém se mostrarão temporárias — o Sol, a Lua, as estrelas e o mar. Mesmo os “poderes do céu serão abalados”. Se estamos espiritualmente alertas, essa comoção pode nos ensinar como colocar nossa confiança nas coisas verdadeiramente permanentes. Como Jesus prometeu: “O céu e a terra hão de passar; minhas palavras, porém, não passarão. (…) E o que entesourar minha palavra não será enganado” (Joseph Smith—Mateus 1:35, 37). O Senhor tem mais reservado para nós do que podemos imaginar! Mas, antes que Ele possa nos dar tudo o que tem, devemos nos preparar para recebê-lo. A lição dessa semana nos mostrará por meio de parábolas como nos preparar para a vinda do Senhor. Devemos ficar sempre prontos para quando chegar a hora, e em nossas lâmpadas estejam cheias de azeite. O Senhor, assim como na parábola dos talentos, também nos deu muitos dons e talentos únicos, e durante nossa jornada mortal, temos uma escolha a fazer. Agir com fé, multiplicar as bênçãos e talentos que o Senhor nos deu. Usando nossos talentos para abençoar, servir e elevar outras pessoas. Se escolhermos agir com fé, chegará o tempo em que o Senhor nos dirá: “Bem está,servo bom e fiel. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor”. (Mateus 25:21)




Leve para a classe um objeto ou uma gravura relacionados a uma das parábolas ou histórias da leitura desta semana (como o óleo para representar as dez virgens, as moedas para representar talentos ou as pequenas moedas da viúva). Peça às crianças que contem o que sabem sobre a parábola ou história.


Princípio 1: Antes que Jesus volte, o evangelho será pregado em todo o mundo. Joseph Smith—Mateus 1:31


Um dos sinais de que Jesus retornará em breve é a pregação de Seu evangelho por todo o mundo. As crianças podem ajudar a cumprir essa profecia compartilhando o evangelho.


Atividades sugeridas

  • Mostre um mapa, um globo ou uma gravura da Terra (ver Livro de Gravuras do Evangelho, nº 3) e ajude as crianças a falar: “Este Evangelho (…) será pregado em todo o mundo” (Joseph Smith—Mateus 1:31). Por que Deus quer que todos os Seus filhos ouçam o evangelho?

Isso é apenas colorido, mas você nem precisa imprimir, se tiver um tablet (chrome book, laptop etc.), pode mostrar para as crianças nele.



Aqui está uma página para colorir e atividade missionária.

  • Exiba o vídeo “Aonde Mandares Irei” (ChurchofJesusChrist.org). Enquanto as crianças assistem, ajude-as a contar quantas maneiras elas identificam no vídeo por meio das quais elas podem compartilhar o evangelho. Em que outras maneiras de compartilhar o evangelho elas conseguem pensar?


Seus alunos podem ajudar a pregar o evangelho em todo o mundo antes da Segunda Vinda do Salvador.


Atividades sugeridas

  • Peça às crianças que citem as bênçãos que têm recebido ou que receberão por serem membros da Igreja de Cristo. Leiam juntos Joseph Smith—Mateus 1:31 e pergunte como o evangelho abençoará os filhos de Deus em todo o mundo.

  • Mostre um mapa do mundo, ou de seu país, e ajude-as a identificar alguns lugares onde um familiar ou amigo pregou o evangelho como missionário de tempo integral.

  • Convide algumas crianças para virem preparadas a fim de contar como seus familiares ou antepassados conheceram o evangelho.

  • Peça a cada criança que escreva o nome de alguém com quem pode falar sobre Jesus Cristo ou convidar para vir à igreja. Peça-lhes também que citem as coisas que podem fazer para serem missionárias agora.


Clique na imagem para ler mais sobre este jovem missionário, no site da igreja ou baixe o PDF logo abaixo:



Primcípio 2: Posso usar os dons que Deus me deu. Mateus 25:14–30


As crianças menores estão descobrindo seus dons e habilidades. Ajude-as a entender que esses dons e essas habilidades vêm do Pai Celestial.


Atividades sugeridas

  • Traga várias moedas para usar enquanto conta a parábola dos talentos, encontrada em Mateus 25:14–30. Você pode pedir a três crianças que representem os três servos. Explique que, na época de Jesus, a palavra talentos referia-se a dinheiro, mas hoje, a palavra talentos pode representar nossos dons e habilidades.

  • Peça às crianças que citem de que maneiras seus pais, irmãos, professores ou amigos as têm ajudado. Quais talentos essas pessoas têm que as ajudaram a servir ao próximo?


Lição com objeto.

  1. Como orienta no manual, peça às crianças que façam uma lista das coisas que as pessoas fizeram por elas e escreva-as individualmente nos cartões fornecidos.

  2. Coloque-os em uma pilha no chão e cubra-os com livros, jaquetas, cadeiras.

  3. Pergunte às crianças como seria triste se essas pessoas enterrassem seus talentos e nunca os usassem para ajudá-lo.

  4. Leia ou revise Mateus 25:14-30. O que Deus quer que façamos com os talentos que ele nos deu?

  5. Peça às crianças que levem os cartões para casa e os entreguem às pessoas que os ajudaram e agradeçam por não enterrarem seus talentos.

Aqui estão os cartões em que as crianças podem escrever, ou você escreve, enquanto elas dizem o que dizer.

  • Escreva um bilhete para cada criança falando sobre os dons e as habilidades que você observou em cada uma. Ao compartilhar com cada criança os dons que você vê nelas, incentive-as a aprimorar esses dons e a usá-los para servir ao próximo.

Escreva uma nota para seu filho listando os dons e talentos de seu filho ou das crianças de sua classe na Primária, dobre nas linhas pontilhadas, escreva o nome da criança na etiqueta e dê à criança.




Princípio 3: Jesus quer que eu sirva ao próximo. Mateus 25:31–46


Servimos ao Pai Celestial e a Jesus Cristo quando servimos às pessoas ao nosso redor. Ajude as crianças a pensar em como elas podem servir ao próximo.


Atividades sugeridas

  • Resuma a parábola em Mateus 25:34–46. Ajude as crianças a entender que, quando servimos ao próximo, servimos a Jesus.

  • Segure a foto de uma criança e uma gravura de Jesus escondida atrás dela. O que podemos fazer para servir a essa criança? Remova a foto da criança e explique que, quando servimos ao próximo, servimos a Jesus.



  • Peça às crianças que desenhem a si mesmas servindo ao próximo das maneiras que o Salvador descreve em Mateus 25:35–36. Peça que adivinhem o que as outras crianças estão desenhando.

  • Incentive as crianças a contar experiências de quando alguém prestou serviço cristão a elas ou à sua família.


Princípio 4: Sou responsável por minha própria conversão a Jesus Cristo. Mateus 25:1–13


A parábola das dez virgens ensina que não podemos pegar emprestada de outras pessoas nossa conversão ao Salvador. Como você pode ajudar as crianças a assumir a responsabilidade pela própria conversão?


Atividades sugeridas

  • Peça a uma criança que venha preparada para compartilhar o que aprendeu em casa sobre a parábola das dez virgens esta semana.

  • Desenhe um lampião no quadro e ao lado escreva testemunho. Dê a cada criança um pedaço de papel em formato de gota e peça-lhes que escrevam nele algo que farão para se tornarem mais convertidas ao Salvador. Coloque as gotas no quadro, ao redor da lâmpada.

  • Peça ajuda às crianças para elaborar uma lista de coisas que podemos fazer a fim de nos preparar para receber um visitante especial. Como essas coisas são semelhantes, ou diferentes, das que podemos fazer a fim de nos prepararmos espiritualmente para a Segunda Vinda do Salvador?

  • Escreva em cinco tiras de papel coisas que não podemos pegar emprestadas. Em outras cinco tiras, escreva coisas que podemos pegar emprestadas. Misture as tiras e peça às crianças que as organizem nesses dois grupos. Leiam juntos Mateus 25:1–13. Por que é importante não confiar nossa conversão a Jesus Cristo a outras pessoas?


Princípio 5: No Juízo Final, faremos um relato de nossa vida ao Senhor. Mateus 25:14–46


Após a Ressurreição, o Senhor nos julgará com base em nossa obediência a Seus mandamentos e em nossa aceitação de Seu sacrifício expiatório. A parábola dos talentos e a parábola das ovelhas e dos bodes nos ensinam sobre o Juízo Final.


Atividades sugeridas

  • Designe metade da classe a ler Mateus 25:14–30 e a outra metade a ler Mateus 25:31–46. Peça aos grupos que encenem as parábolas para a classe. O que o Senhor está nos ensinando nessas parábolas?

  • Peça às crianças que leiam Mateus 25:35–36 em duplas e elaborem uma lista de coisas que podem fazer para demonstrar amor por Jesus Cristo.

Prepare o quadro assim, peça às crianças que escrevam as escrituras em cartões e separem-nos em Bodes e ovelhas. Ou você pode apenas pedir às crianças que escrevam no quadro abaixo da ovelha e da cabra.






Ou se preferir tamanho menor:



Aqui está "videoaula" da semana:


Segue filme em animação para assistir com as crianças:





Por favor, não modificar os documentos ou faça a venda deles. Este é para uso próprio e de distribuição para as suas Primárias. Compartilhem sempre o link do site para que outros tenham acesso também. Os materiais aqui são produzidos com carinho e dedicação por nossa colaboradora Crystal Wallace, original (theredcrystal.org) e concedido à tradução e uso pelo nosso site. Não usar as ilustrações fora de seus arquivos e redistribuir publicamente pela internet (redes sociais). Agradecemos a compreensão e ajuda.

Com amor,

Vem e Segue-Me Kids

7.797 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 Comment


Nicole Nascimento
Nicole Nascimento
May 27, 2023

Como consigo o PDF da aula?

Like
bottom of page