Lição: 19 à 25 de Julho [D&C 81-83]

Updated: Jul 23


"Porque a quem muito é dado, muito é exigido"


Princípio 1: Devo orar sempre.


Quando o Senhor chamou Frederick G. Williams para ser conselheiro do profeta Joseph Smith, Ele aconselhou Frederick a ser “fiel (…) com oração constante”.


Atividades sugeridas

  • Leia para as crianças o conselho dado pelo Senhor de ser “fiel (…), com oração constante, em voz alta e em teu coração, em público e em particular” (Doutrina e Convênios 81:3). Explique o que significa orar no coração e conte um exemplo pessoal. Ajude as crianças a pensar em ocasiões nas quais elas podem orar “em público e em particular”.


Baixe aqui

Baixe aqui


Essa é uma atividade de classificação, em que as crianças poderão decidir se é uma oração feita do coração ou uma oração formal.


Baixe aqui

  • Ensine as crianças a orar. Saliente que elas podem agradecer ao Pai Celestial pelas bênçãos recebidas e pedir a Ele as coisas de que necessitam. Um hino sobre oração, como “Ó Pai querido, dou graças” (Músicas para Crianças, p. 9), pode ajudar as crianças a saber o que dizer nas orações. Dê a cada criança a oportunidade de fazer uma breve oração.


Baixe aqui


Baixe aqui

  • Peça às crianças que pensem em coisas pelas quais podem agradecer ao Pai Celestial ou que podem pedir a Ele. Deixe que desenhem essas coisas e mostrem para a classe ou família.

Baixe aqui


Segue algumas ideias divertidas sobre a oração já compartilhadas de outras lições.

Baixe aqui


Aqui vai um livreto de colorir que ensina sobre os lugares que podemos orar.

Baixe aqui


Princípio 2: Posso servir às pessoas ao meu redor.


O Pai Celestial conhece as necessidades de cada um de Seus filhos, e Ele com frequência usa outras pessoas — como as crianças que você está ensinando — para ajudar a suprir essas necessidades. Como você pode ajudar as crianças a reconhecer as necessidades das pessoas e prestar serviço a elas?


Atividades sugeridas

  • Leia Doutrina e Convênios 81:5 para as crianças e ajude-as a entender frases como “socorre os fracos” e “ergue as mãos que pendem”. Deixe que encenem maneiras pelas quais podemos fazer o que o Senhor pede nesse versículo. Use gravuras ou vídeos para contar histórias simples sobre Jesus Cristo prestando serviço às pessoas (ver Livro de Gravuras do Evangelho, nºs 41, 42, 46, 47 e 55; biblevideos.ChurchofJesusChrist.org). Como podemos seguir o exemplo do Salvador ajudando o próximo?

Monte esses pequenos livros e os leiam juntos. As crianças podem colorir na Primária ou no Lar. Conte histórias sobre Jesus quando mostrar as imagens ou peça as crianças que contem o que sabem sobre cada gravura.


Baixe aqui


Quebra-Cabeça de combinação

Baixe aqui

  • Cante a quarta estrofe de “O amor do Salvador” (Músicas para Crianças, pp. 42–43) ou outro hino sobre serviço. Relate uma ocasião em que alguém ajudou você a sentir o amor do Salvador prestando-lhe serviço.

Baixe aqui


  • Leia Doutrina e Convênios 82:19 para as crianças, salientando a frase “procurando os interesses de seu próximo”. Explique-lhes que isso significa fazer coisas que ajudem nosso próximo — inclusive nossa família. Ajude as crianças a pensar em maneiras pelas quais elas podem prestar serviço a alguém nesta semana.

Baixe aqui


Segue um pacote de atividades bem divertida de serviço secreto.

Baixe aqui

Baixe aqui

  • Desenhe mãos e joelhos no quadro. Peça às crianças que leiam Doutrina e Convênios 81:5 para saber o que o Senhor diz a respeito dessas partes do corpo. Vejam o vídeo “Passe Adiante” (ChurchofJesusChrist.org) ou conte como você e as crianças viram pessoas prestar serviço umas às outras. Como podemos estar mais cientes das pessoas necessitadas ao nosso redor? Convide as crianças a prestarem serviço a pelo menos uma pessoa nesta semana. Para ideias sobre como servir ao próximo, cante um hino sobre serviço, como “Neste mundo” (Hinos, nº 136).



Este vídeo também é uma boa maneira de ensinar as crianças que ao servir ao próximo estamos respondendo as orações dos filhos de Deus.



Princípio 3: Deus me promete bênçãos quando obedeço a Ele.


À medida que crescem, as crianças podem se perguntar o motivo pelo qual Deus nos dá tantos mandamentos. Você pode ajudar as crianças a entender que Ele nos dá mandamentos para nos abençoar.


Atividades sugeridas

  • Ajude as crianças a pensar nos mandamentos que Deus nos deu (ver, por exemplo, Êxodo 20:4–17; Mateus 22:37–39; Doutrina e Convênios 89:5–17). Faça desenhos no quadro para ajudar as crianças a entender esses mandamentos e a se lembrar deles. Dê exemplos de como os mandamentos de Deus podem nos abençoar e nos proteger.

Segue um jogo de memória. A medida que as crianças forem achando os pares converse com elas sobre cada mandamento.

Baixe aqui

  • Leia para as crianças: “Eu, o Senhor, estou obrigado quando fazeis o que eu digo” (Doutrina e Convênios 82:10). Peça às crianças que repitam essa frase várias vezes com você e pense em maneiras de ajudá-las a se lembrarem dela, como pedindo que batam palmas no ritmo da frase. Testifique-lhes que, quando obedecemos aos mandamentos de Deus, Ele cumpre as promessas que nos faz.

Baixe aqui


Você já recebeu um pequeno ato de amor ou serviço que abençoou sua vida além do ato em si? E você já serviu alguém (talvez até anonimamente) e se sentiu como se fosse o único abençoado pela experiência? Servir e amar aqueles que estão ao nosso redor é uma alegria! É o que Jesus fez enquanto andava pela terra. Ele estava ciente dos outros, de suas necessidades, de seus sentimentos. Desenvolver esse atributo cristão é vital para o progresso e a felicidade. "A historinha dessa semana é sobre um menino que não quer ajudar os outros. Mais tarde, ele muda de ideia e decide ajudar os outros! Observe e veja se você consegue descobrir por que ele mudou de ideia!"




Com amor,

Vem e Segue-Me Kids

2,015 views2 comments

Recent Posts

See All