Lição: 10 a 16 de Janeiro [Gênesis 3–4; Moisés 4–5]

Updated: Jan 15

A Queda de Adão e Eva


Durante esta semana aprenderemos mais sobre nossos "primeiros pais", Adão e Eva. E além disso, veremos o quão importante é exercer nosso arbítrio aqui na terra. Este "poder" nos capacita e nos aproxima cada vez mais de Nosso Pai Celestial e de Nosso Salvador Jesus Cristo. Aprenderemos também que o Senhor preparou um Plano Maravilhoso! Um Plano Perfeito, que permitirá voltarmos ao nosso Lar Celeste um dia. Veremos também o porquê é tão necessário conversar sempre com Deus, por intermédio do Filho, Jesus Cristo. Esta é uma lição de amor e esperança!


Mostre uma gravura de Adão e Eva (ver o esboço desta semana em Vem, e Segue-Me — Estudo Pessoal e Familiar) e peça às crianças que se levantem e contem algo que veem na gravura ou que relembrem a história.


Princípio 1: Adão e Eva seguiram o plano do Pai Celestial.


Ajude as crianças a entender o que aconteceu no Jardim do Éden e como isso ajudou a realizar o plano de salvação de Deus. Que bênçãos temos devido às escolhas que Adão e Eva fizeram?


Atividades sugeridas


  • Para resumir a história da Queda de Adão e Eva, use “Adão e Eva” (em Histórias do Velho Testamento). Ajude as crianças a entender que a escolha de Adão e Eva de comer o fruto fazia parte do plano do Pai Celestial.

(Clique na imagem para assistir ao vídeo)



  • Dê a cada criança uma gravura que represente algo da história de Adão e Eva (como uma árvore, uma cobra, um jardim ou Jesus Cristo). Peça-lhes que ergam sua gravura na hora certa em que você contar a história e ler as frases de Moisés 4. A página de atividade desta semana pode ajudar.

Baixe aqui colorido

Baixe aqui Preto e Branco


Siga as linhas com seus dedos para chegar a respostas certas ou sinta-se livre para recortar os retângulos e realizar uma atividade de classificação.

Baixe aqui colorido


Baixe aqui Preto e Branco

Baixe aqui


A Queda de Adão e Eva fazia parte do plano de Deus.


Se Adão e Eva tivessem ficado no Jardim do Éden, eles não teriam tido filhos e não teriam progredido para se tornarem semelhantes ao Pai Celestial. Somos gratos pela escolha deles de partilhar do fruto, porque essa escolha tornou possível nossa vida mortal e nossa oportunidade de ter a vida eterna.


Atividades sugeridas

  • Peça às crianças que trabalhem juntas para contar a história da Queda de Adão e Eva com suas próprias palavras. Leia versículos de Gênesis 3 para ajudá-las.

Baixe aqui

  • Ajude-as a encontrar em Moisés 4:22–25, 29; 5:10–11 as consequências de Adão e Eva terem comido do fruto (ver também 2 Néfi 2:19–25). Por que a escolha deles é uma bênção para nós? Como o Salvador nos ajudou a vencer o pecado e a morte?

Baixe aqui


Princípio 2: Posso escolher o que é certo.


Em Moisés 4:3, aprendemos que Satanás “[procurou] destruir o arbítrio do homem, o qual eu, o Senhor Deus, lhe dera”. Como você vai ajudar as crianças a valorizar o poder de escolher entre o certo e o errado?


Atividades sugeridas

  • Converse com as crianças sobre algumas escolhas que você fez hoje e ajude-as a pensar sobre as escolhas que elas fizeram. Leia para elas em Moisés 4:3: “O arbítrio do homem, o qual eu, o Senhor Deus, lhe dera”. Explique-lhes que esse versículo nos ensina que Deus nos deu o poder de fazer escolhas. Expresse sua gratidão de poder escolher o certo e testifique que as crianças também podem escolher fazer o que é certo.

  • Dê alguns exemplos simples de uma criança que faz escolhas certas ou erradas e peça às crianças que indiquem se a escolha foi certa ou errada (elas podem se levantar, segurar cartazes ou levantar as mãos). Preste testemunho de que o Pai Celestial nos ajudará a escolher o certo e convide as crianças a compartilhar seus sentimentos também.

Baixe aqui colorido

Baixe aqui Preto e Branco

Baixe aqui Colorido

Baixe aqui Preto e Branco

Baixe aqui Colorido

Baixe aqui Preto e Branco


Coloque em lados opostos do cômodo, para que as crianças se "localizem" conforme a situação lida na máquina de chiclete.

Baixe aqui



Baixe aqui


  • Ajude-as a pensar nas boas escolhas que podem fazer para seguir a Jesus Cristo. Cantem juntos uma música sobre fazer boas escolhas, como “Escolhendo o que é certo” (Músicas para Crianças, p. 82). Conte às crianças uma ocasião em que você fez uma boa escolha e descreva como se sentiu devido a essa escolha.


Tenho o poder de escolher.


As crianças de sua classe reconhecem como é preciosa a dádiva de poder escolher entre o certo e o errado? De que maneira a história de Adão e Eva as ajuda a valorizar essa dádiva?


Atividades sugeridas

  • Pense em uma lição com objetos simples como a seguinte para ilustrar a importância de fazer suas próprias escolhas: Peça às crianças que pintem a página de atividade desta semana, mas dê-lhes apenas uma cor para usar. Por que seria melhor ter escolhas nessa situação? Leiam juntos Moisés 4:1–4 para falarem sobre por que as escolhas são importantes no plano de Deus.

Baixe aqui

  • Convide as crianças a contarem uma experiência pessoal em que tiveram que escolher entre o certo e o errado. Deixe que conversem sobre as possíveis consequências de cada uma.

Princípio 3: Posso orar ao Pai Celestial.


O que as crianças de sua classe precisam saber sobre a oração? O que você encontra nesses versículos que pode ajudá-las?

Atividades sugeridas

  • Leia Moisés 5:4 para as crianças. Ajude-as entender que quando Adão e Eva deixaram o Jardim do Éden, eles não puderam mais estar com o Pai Celestial, mas puderam orar para Ele. Explique-lhes que oramos ao Pai Celestial em nome de Seu Filho, Jesus Cristo (ver Moisés 5:8). O que podemos dizer ao Pai Celestial em nossas orações?

Baixe aqui

Baixe aqui

  • Peça às crianças que mostrem a você o que fazem quando oram. Você também pode mostrar uma gravura de alguém orando (ver Livro de Gravuras do Evangelho, nºs 111–112) para ensinar às crianças que baixar a cabeça, cruzar os braços e fechar os olhos nos ajudam a ficar reverentes quando oramos.

  • Conte uma experiência pessoal com a oração ou preste testemunho sobre a oração. Cante com as crianças uma música sobre oração, como “Oração de uma criança” (Músicas para Crianças, pp. 6–7).


Princípio 4: Graças a Jesus Cristo, posso me arrepender e viver com Deus novamente.


O Pai Celestial enviou Jesus Cristo para nos resgatar das consequências da Queda. Por meio de Seu sacrifício expiatório, Jesus tornou possível que ressuscitássemos depois da morte e fossemos perdoados de nossos pecados ao nos arrependermos.


Atividades sugeridas

  • Escreva dois títulos no quadro: Graças a Adão e Eva e Graças a Jesus Cristo. Ajude as crianças a identificar as consequências da Queda enquanto leem juntos Moisés 4:25; 6:48; Romanos 5:12; 2 Néfi 2:22–23. Deixe que escrevam o que aprenderam embaixo do primeiro título. Depois, ajude-as a identificar como Jesus Cristo sobrepujou o pecado e a morte enquanto leem juntos Moisés 5:8–11, 14–15; 6:59; Alma 11:42. Deixe-as escrever o que aprenderam embaixo do segundo título. Por que somos gratos a Jesus Cristo?

Baixe aqui colorido

Baixe aqui Preto e Branco

  • Mostre um vídeo sobre a Expiação do Salvador, como “Graças a Ele” (ChurchofJesusChrist.org). Peça às crianças que compartilhem o que sentem em relação a Jesus Cristo.


  • Com alguns dias de antecedência, peça a algumas crianças que escolham uma escritura ou música sobre a Expiação do Salvador para compartilharem na classe. Incentive-as a falar sobre o motivo pelo qual gostam dela. Cante uma ou mais das músicas juntos.


Esta é a historinha da semana, sobre Charlie! O avô de Charlie deu a ele um presente especial de aniversário - uma cadeira que o ajuda a aprender a fazer escolhas! Vejam se conseguem se lembrar das três coisas que precisamos para fazer uma boa escolha!


Com amor,


Vem e Segue-Me Kids



6,682 views3 comments

Recent Posts

See All