top of page

Lição: 4 a 10 de dezembro [Apocalipse 1–5]

Atualizado: 9 de jun.

“Ao Cordeiro, sejam dadas (…) glória, e poder para todo o sempre”






Essa semana começaremos a estudar o último livro do Novo Testamento, o livro de Apocalipse! O livro de Apocalipse pode ser de difícil compreensão para as crianças, mas também contém doutrinas importantes que são belas e simples. A palavra Apocalipse pode significar qualquer revelação notável. Ela deriva de uma palavra grega que significa “revelado” ou “descoberto.” O livro consiste em uma revelação dada ao Apóstolo João, na qual lhe foi permitido ver a história do mundo, especialmente os últimos dias. João recebeu esta revelação no dia do Senhor, na Ilha de Patmos, situada perto da costa da Ásia, não longe de Éfeso. Em 1 Né. 14:18–27 e em Doutrina e Convênios 77 (Ét. 4:15–16) foram incluídas chaves para que se entenda o livro. Os capítulos 1–3 são uma introdução ao livro e cartas às sete igrejas da Ásia. João escreveu para ajudar os santos a resolverem certos problemas. Os capítulos 4–5 registram visões recebidas por João, mostrando a majestade e o justo poder de Deus e de Cristo.



Pergunte às crianças como elas se sentiriam se vissem Jesus Cristo em uma visão. Peça-lhes que compartilhem tudo o que souberem sobre a visão que João teve de Jesus relatada no livro de Apocalipse.


Princípio 1: Posso fazer a luz do Salvador brilhar em mim. Apocalipse 1:20


Em Apocalipse 1:20, o Salvador comparou Sua Igreja a castiçais. Ajude as crianças a entender que a luz do Salvador pode brilhar nelas se viverem de acordo com os ensinamentos Dele.


Atividades sugeridas

  • Mostre às crianças gravuras de diferentes fontes de luz, como uma lâmpada, uma vela e o sol. Após ler a passagem “Os sete castiçais, que viste, são as sete igrejas” (Apocalipse 1:20), peça às crianças que apontem para a gravura da fonte de luz mencionada nesse versículo. Ajude as crianças a debater como nós, membros da Igreja de Jesus, podemos ser semelhantes à luz de uma vela, quando, por exemplo, fazemos coisas boas pelas pessoas.


Prepare as Pulseiras de Neon antes da aula, com as figuras nelas. Peça as crianças que escolham um de cada vez e falem sobre como, como membros da Igreja de Jesus, podem ser como a luz. Então elas podem quebrar a Pulseira Neon e fazê-la brilhar. Elas podem colocá-la em um vaso ou xícara até mais tarde, quando todas as Pulseiras Neon estiverem acesas. Apague as luzes e testemunhe que todos aqueles pequenos atos de bondade tiveram um grande impacto e afastaram a escuridão.




  • Cantem uma música sobre ser uma luz para as pessoas, como “Brilhando, brilhando” (Músicas para Crianças, pp. 38–39). Fale sobre situações em que você viu crianças viverem o evangelho de Jesus Cristo e serem uma luz para as pessoas ao seu redor. Conte a elas sobre como ser uma luz para as pessoas o ajudou a se sentir mais perto do Pai Celestial e de Jesus Cristo.



Princípio 2: Posso convidar Jesus Cristo para entrar em minha vida. Apocalipse 3:20


A metáfora de Jesus de pé batendo à porta ajuda as crianças a compreender que Ele deseja ficar próximo a elas.


Atividades sugeridas

  • Ao ler Apocalipse 3:20, mostre a gravura do Salvador à porta no esboço desta semana, em Vem, e Segue-Me — Estudo Pessoal e Familiar. Peça às crianças que imaginem que Jesus está batendo à porta da casa delas. Deixe que falem sobre o que fariam.

  • Peça às crianças que contem sobre uma ocasião em que esperaram entusiasmadas a visita de alguém à sua casa. Como foi esperar que a pessoa batesse à porta? E se não deixássemos a pessoa entrar? Leia Apocalipse 3:20 e deixe as crianças se revezarem segurando uma gravura de Jesus e fingindo bater à porta. Os outros membros da classe fingem que estão abrindo a porta. O que podemos fazer para que Jesus fique perto de nós mesmo que não possamos vê-Lo?



Posso escolher que Jesus Cristo faça parte de minha vida. Apocalipse 3:20


Como você pode ajudar as crianças a quem ensina a abrir o coração e a vida delas ao poder e à influência de Jesus Cristo?


Atividades sugeridas

  • Ao ler Apocalipse 3:20, mostre a gravura do Salvador à porta no esboço desta semana, em Vem, e Segue-Me — Estudo Pessoal e Familiar. Para ajudar as crianças a compreender o significado da gravura, peça que trabalhem em duplas para responder às perguntas a seguir: Por que vocês acham que Jesus está batendo à porta? Por que não há uma maçaneta do lado de fora da porta? O que significa deixar Jesus entrar em nossa vida?

  • Peça às crianças que escrevam no quadro maneiras diferentes de “abrir a porta” para Jesus. Alguns exemplos incluem servir ao próximo, ler as escrituras, cumprir os convênios que fazemos no batismo e partilhar do sacramento.



Princípio 3: Jesus Cristo é o único digno de ser meu Salvador. Apocalipse 5:1–10


João aprendeu com sua visão que somente Jesus Cristo (representado por um cordeiro) poderia ser nosso Salvador e cumprir o plano do Pai (representado por um livro selado).


Atividades sugeridas

  • Antes da aula, enrole e prenda um exemplar do Livro de Gravuras do Evangelho usando papel ou barbante. Usando algumas palavras-chave de Apocalipse 5:1–10, descreva a visão de João. Mostre o livro às crianças e diga que a única maneira de abrir o livro é encontrar a gravura de Jesus que você escondeu na sala. Depois de encontrarem a gravura, abra o livro e mostre às crianças algumas das gravuras do livro que representam bênçãos concedidas a nós por causa da Expiação de Jesus Cristo (como os templos, o batismo e as famílias). Preste testemunho de que o Salvador é o único que poderia tornar essas coisas possíveis.


  • Resuma a visão descrita em Apocalipse 5:1–10 e convide as crianças a representar como João e outras pessoas se sentiram durante diferentes partes da visão. Por exemplo, algumas fingem que estão chorando quando ninguém for capaz de abrir o livro ou ficam felizes quando o Salvador o abrir.


Aqui estão as instruções sobre como dobrar o livrinho:



A visão descrita em Apocalipse 5 ensinou que somente Jesus Cristo era digno e capaz de realizar a Expiação e nos salvar do pecado.


Atividades sugeridas

  • Peça às crianças que falem sobre uma ocasião em que precisaram que alguém fizesse por elas algo que elas não podiam fazer por si mesmas. Peça que leiam Apocalipse 5:1–10 e procurem o que precisava ser feito e que somente uma pessoa poderia fazer (explique às crianças que o Cordeiro é Jesus Cristo e que o livro representa o plano de Deus). O que Jesus fez por nós que ninguém mais poderia fazer?

  • Peça às crianças que procurem um hino ou uma música para crianças que testifique de Jesus Cristo (como “Conta-me histórias de Cristo”, Músicas para Crianças, p. 36). O que a letra da música ensina sobre Jesus Cristo? Como essa música é semelhante ao cântico de louvor a Jesus Cristo citado em Apocalipse 5:9–10?




Princípio 4: Se eu estiver comprometido com o evangelho do Salvador, receberei bênçãos grandiosas no céu. Apocalipse 3:5, 12–21


O que significa para você ser “morno, e nem [ser] frio nem quente”? Pense em formas de ajudar as crianças a serem o oposto de morno, como, por exemplo, demonstrando entusiasmo com seu compromisso perante o Salvador e Seu evangelho.


Atividades sugeridas

  • Leia com a classe Apocalipse 3:5, 12, 21 e explique todas as palavras que as crianças porventura não conheçam. O que significa “vencer”? Peça às crianças que desenhem uma das bênçãos prometidas nesses versículos e mostrem o desenho à classe.

  • Leiam juntos Apocalipse 3:15–16. Peça às crianças que falem sobre coisas que são mais gostosas ou agradáveis ao paladar quando estão quentes (por exemplo, uma sopa) ou frias (por exemplo, um sorvete). De que forma ser morno em relação ao Salvador nos impede de receber as bênçãos prometidas nos versículos 5, 12 e 21?

  • Escreva no quadro morno ao lado de alguns sinônimos, como desanimado, indiferente ou despreocupado. Use essas palavras para ajudar as crianças a entender o motivo de o Senhor não desejar que sejamos mornos. Que palavras podemos usar para descrever a maneira como Ele deseja que sejamos? Diga por que você deseja ser plenamente comprometido com o Salvador e peça às crianças que também apresentem suas ideias.

LIÇÃO COM OBJETO:


Já está nevando em Utah, mas sabemos que nem todo lugar tem neve, ainda sim pode usar essa ideia ou qualquer outra, qualquer coisa que precise ser dobrada ou modelada, moldada.

Pratique com antecedência fazendo um floco de neve simples para poder conversar enquanto corta.

Ao ensinar:

-Fale sobre como estar totalmente comprometido pode ser um desafio (ao dobrar o papel). O Senhor pode precisar dobrar e dobrar você, e não é muito confortável quando somos solicitados a fazer coisas difíceis, como desistir de nossos pecados favoritos ou trabalhar duro para servir alguém.

-Pegue a tesoura e comece a cortar. Provações e testes virão e precisaremos nos manter firmes em nossas convicções e crenças. Pergunte aos alunos que tipo de provações podem testar nossas crenças e moral enquanto você está cortando.

-Comece a desdobrar seu floco de neve e explique que você percebe que está se tornando algo lindo. Ou um instrumento moldado pela mão do Senhor. Preste testemunho de que, ao nos comprometermos com o evangelho, seremos beneficiados com grandes recompensas no céu. Apocalipse 3:5, 12–21


Eu uso muito as artes desse canal, é maravilhoso!


Aqui está videoaula da semana:



Por favor, não modificar os documentos ou faça a venda deles. Este é para uso próprio e de distribuição para as suas Primárias. Compartilhem sempre o link do site para que outros tenham acesso também. Os materiais aqui são produzidos com carinho e dedicação por nossa colaboradora Crystal Wallace, original (theredcrystal.org) e concedido à tradução e uso pelo nosso site. Não usar as ilustrações fora de seus arquivos e redistribuir publicamente pela internet (redes sociais). Agradecemos a compreensão e ajuda.

Com amor,

Vem e Segue-Me Kids

8.044 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 Comment


Rosa Cunha
Rosa Cunha
Dec 09, 2023

Seu trabalho é encantador. meu grupo é Raios de Sol e encontro muitas atividades para trabalhar com este grupo. Obrigada pela dedicação.


Like
bottom of page