top of page

Lição: 24 a 30 de Abril [João 7-10]

"Eu sou o bom pastor"




Quando os judeus exigiram que Jesus “[dissesse] abertamente” se Ele era o Cristo, Ele revelou um princípio que pode nos ajudar a distinguir a verdade do erro: “As minhas ovelhas ouvem a minha voz”, disse Ele, “e eu as conheço, e elas me seguem”. Na lição desta semana aprenderemos que ao vivermos as verdades ensinadas por Jesus Cristo, guardar os mandamentos, saberemos que são verdadeiras, que a misericórdia do Salvador está ao alcance de todos, pois Ele nos conhece e nos ama. Se tivermos fé, Deus poderá Se manifestar em nossas aflições, pois Jesus Cristo é o Bom Pastor!




Princípio 1: Guardar os mandamentos me ajudará a saber que eles são verdadeiros. João 7:14–17


Jesus ensinou que podemos ganhar um testemunho das verdades que Ele compartilhou à medida que as vivemos. A paz que sentimos quando obedecemos aos mandamentos nos ajuda a saber que são verdadeiros. Pense em como você pode ensinar essa verdade às crianças.


Atividades sugeridas


Este é um jogo de tabuleiro em tamanho natural com 10 mandamentos. Você estabelece os mandamentos com o tabuleiro no chão. Em seguida, peça às crianças que joguem os dados de 4 lados (você não quer que elas se movam muito rápido, existem apenas 10 mandamentos). Elas contam seus pontos e você faz a pergunta. Peça à próxima criança que role e repita. Se duas crianças estiverem no mesmo lugar, você pode dizer a elas para colocarem um pé no lugar (ou três). Mas faça a mesma pergunta a todas e diga que elas precisam encontrar uma resposta diferente, se puderem. No final do jogo de tabuleiro há uma estrela que diz "terminar". Depois que todos terminarem, levante a estrela e mostre a imagem de Jesus do outro lado. Preste testemunho de que, ao guardarem os mandamentos, eles se sentirão/chegarão mais perto de Jesus Cristo.


(Clique no link abaixo para o PDF dessa atividade)


  • Resuma João 7:17 de modo simplificado para que as crianças entendam. Ajude-as a saber que obedecer aos mandamentos nos ajuda a nos sentirmos mais próximos de Jesus Cristo. Por exemplo, vocês podem cantar juntos um hino como “Guarda os mandamentos” ou “Escolhendo o que é certo” (Músicas para Crianças, pp. 68–69, 82–83). Peça às crianças que fiquem atentas a fim de descobrir como seremos abençoados se guardarmos os mandamentos.


  • Conte uma experiência de quando você obteve o testemunho de que um mandamento era de Deus porque você o cumpriu, como pagar o dízimo ou perdoar alguém que foi rude. Peça às crianças que pensem em uma experiência que tiveram quando obedeceram a um mandamento. Peça-lhes que compartilhem como se sentiram quando obedeceram.

Segue link de uma história sobre dízimo no Meu Amigo:


Para colorir

  • Peça às crianças que desenhem a si próprias obedecendo a um mandamento. (Ajude-as a pensar em exemplos.) Peça a elas que compartilhem seus desenhos umas com as outras e conversem sobre a alegria que elas sentiram ao obedecer ao mandamento.


Você e as crianças a quem ensina devem ter tido experiências vivendo as verdades do evangelho e aprendendo que elas são verdadeiras. Como você pode usar essas experiências pessoais enquanto ensina?


Atividades sugeridas

  • Escreva cada versículo de João 7:14–17 em diferentes pedaços de papel e os mostre fora de ordem. Peça às crianças que os coloquem na ordem certa e verifiquem João 7:14–17 para ver se está correto. Peça-lhes que se organizem em duplas e comentem com seu colega o que entenderam sobre cada versículo. Como a obediência aos mandamentos de Deus as ajudou a saber que eles são verdadeiros?


(Clique no link abaixo para o PDF dessa atividade)

  • Compartilhe exemplos das escrituras mostrando como as pessoas foram abençoadas por viver as verdades do evangelho, como Daniel (ver Daniel 6) ou Isabel (ver Lucas 1:5–14). Que bênçãos nos são dadas por obedecermos aos mandamentos?

(Clique no link abaixo para o PDF dessa atividade)

  • Alguns dias antes da aula, peça a uma das crianças que escreva sobre uma ocasião em que recebeu um testemunho de um mandamento por vivê-lo. Durante a aula, peça à criança que compartilhe o que escreveu.



Princípio 2: Jesus obedeceu a Seu Pai. João 8:29


Jesus Cristo sempre fez coisas que agradavam a Seu Pai Celestial. Como você pode ajudar as crianças a encontrar maneiras de seguir Seu exemplo?



Atividades sugeridas

  • Ajude as crianças a repetir o que Jesus disse sobre o Pai Celestial em João 8:29: “Eu faço sempre o que lhe agrada”. Peça-lhes que citem coisas que Jesus fez que deixaram o Pai Celestial feliz. Mostre a elas algumas gravuras do Livro de Gravuras do Evangelho para lhes dar algumas ideias.

Aqui está um quebra-cabeça sob folha. Coloque no chão (todos vocês podem sentar no chão) e converse sobre isso com as crianças. (Opcional) Pergunte às crianças se Deus ficou feliz em ver Jesus sofrer no jardim. Não, mas Ele ficou muito feliz por Jesus ter salvado todos os seus filhos, porque Ele realmente nos ama. Em seguida, distribua as peças do quebra-cabeça e peça às crianças que coloquem os quebra-cabeças deixando o último "Eu sempre faço as coisas que agradam a ele". Depois que cada peça for colocada, peça-lhes que digam essa escritura com você, até que o quebra-cabeça esteja completo. (Repita, se houver interesse). Com o Pai Celestial preenchido, pergunte-lhes se há coisas que podem fazer para tornar o Pai Celestial feliz como Jesus fez.


(Clique no link abaixo para o PDF dessa atividade)


Recorte e distribua as peças. Com cada peça colocada, diga a escritura juntos, de modo que, quando o quebra-cabeça estiver completo, a escritura seja memorizada.


(Clique no link abaixo para o PDF dessa atividade)

  • Pergunte às crianças o que as faz feliz. Você pode também convidar o pai ou a mãe de uma criança para contar uma experiência em que a criança fez algo que deixou os pais satisfeitos ou felizes. O que podemos fazer para deixar o Pai Celestial feliz? Peça às crianças que desenhem a si mesmas fazendo essas atividades, que levem o desenho para casa e se lembrem de fazer o que desenharam.

Aqui está um desenho para colorir.


(Clique no link abaixo para o PDF dessa atividade)



Princípio 3: A verdade me liberta. João 8:31–36


Algumas pessoas acham que viver o evangelho lhes impõe restrições. De que forma você pode usar João 8:31–36 para ajudar as crianças a entender que viver o evangelho realmente nos liberta?


Atividades sugeridas

  • Peça às crianças que leiam João 8:31–36 e falem sobre o que acham que significa ser servo do pecado. Como os ensinamentos de Jesus ajudam a nos libertar?

  • Mostre uma fechadura para representar o pecado e uma chave para representar como as verdades do evangelho nos libertam. Por exemplo, saber sobre a Expiação do Salvador nos torna livres para nos arrependermos e sermos perdoados de nossos pecados. Ou conhecer a Palavra de Sabedoria nos torna livres para evitar a dependência.


(Clique no link abaixo para o PDF da atividade)


O Élder Renlund conta uma história sobre um fogo de artifício e a alegria do arrependimento.



Princípio 4: Jesus me conhece e me ama. João 10:1–16


A parábola do bom pastor pode ajudar as crianças a compreender que Jesus as ama e sabe quem elas são.


Atividades sugeridas

  • Dê às crianças gravuras representando algo na parábola do bom pastor, como uma ovelha, um pastor ou um lobo. Selecione alguns versículos de João 10:1–16 e os leia para as crianças; depois, peça-lhes que levantem suas gravuras quando ouvirem você ler sobre a gravura que estiverem segurando. Ajude as crianças a pensar em como Jesus Se assemelha a um pastor para nós. Preste testemunho de que o Salvador nos ama e nos conduzirá de volta a Ele.

Segue máscaras para segurarem em seus rostos enquanto lerem esses versículos.


(Clique no link abaixo para o PDF da atividade)

  • Mostre a gravura de Jesus e as ovelhas no esboço desta semana do Vem, e Segue-Me — Estudo Pessoal e Familiar. Como sabemos que Jesus ama as ovelhas? Como podemos dizer que as ovelhas amam Jesus? Como podemos demonstrar a Jesus que O amamos?

Aqui está uma preciosa música da Primária que representa bem esse conceito.


(Clique no link abaixo para o PDF da atividade)


Jesus é como um pastor para mim. João 10:1–18


Ao estudar a parábola do bom pastor, identifique as verdades que ela ensina sobre nosso relacionamento com o Salvador. Como conhecer essas verdades abençoa as crianças?


Atividades sugeridas

  • Escreva bom pastor e mercenário no quadro. Explique que um mercenário é alguém que é contratado para fazer um trabalho por dinheiro. Peça às crianças que citem as diferenças que encontrarem em João 10:1–18 entre um bom pastor e um mercenário. Por que você seguiria o bom pastor e não o mercenário? De que modo Jesus pode ser comparado a um pastor para nós?

Peça às crianças que façam um desenho de si mesmas na ovelha e prestem testemunho de que Ele deu a vida por elas.


(Clique no link abaixo para o PDF da atividade)

  • Desenhe ou mostre a figura de uma porta. Leiam juntos João 10:7–9 e pergunte às crianças de que modo Jesus é como uma porta. De acordo com o versículo 9, que bênçãos as pessoas que “entram” pela porta recebem? Como entramos pela porta que Jesus Cristo providencia para nós?


(Aqui está o link com todos os PDFs das atividades dessa semana)



Aqui está filme animado para um cineminha com as crianças:



Por favor, não modificar os documentos ou faça a venda deles. Este é para uso próprio e de distribuição para as suas Primárias. Compartilhem sempre o link do site para que outros tenham acesso também. Os materiais aqui são produzidos com carinho e dedicação por nossa colaboradora Crystal Wallace, original (theredcrystal.org) e concedido à tradução e uso pelo nosso site. Não usar as ilustrações fora de seus arquivos e redistribuir publicamente pela internet (redes sociais). Agradecemos a compreensão e ajuda.

Com amor,

Vem e Segue-Me Kids

6.057 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page